Três camas em um quarto? Sim, é possível

Casas e apartamentos com espaços reduzidos costumam representar um dilema para as famílias numerosas. Quando a família é composta por mais de um filho, mas não conta com cômodos suficientes para cada um ter seu próprio quarto, é necessário ter um planejamento minuciosos dos espaços para conseguir acomodar a todos de maneira confortável.

Montar um dormitório para duas crianças, ou dois adolescentes, já não é tarefa fácil mas e quando é necessário acomodar três pessoas (ou mais) em um único quarto? Hoje trazemos algumas ideias de como planejar e organizar o espaço para que um único dormitório acomode três ou mais pessoas da família.

Planejamento do espaço

Antes de mais nada é preciso analisar e planejar a distribuição do espaço disponível. Além de definir o número de camas é preciso ter em conta outras necessidades do ambiente como guarda roupa, espaço para guardar brinquedos ou material escolar, prateleiras e gaveteiros auxiliares, área livre para circulação e etc. Outro fator importante a considerar é se as camas serão utilizadas diariamente ou somente para usos eventuais, como receber um hóspede por exemplo. A partir daí já é possível escolher o tipo de cama, móveis necessários e a melhor disposição dos mesmos dentro do dormitório.

A escolha das camas

Existem várias maneiras de incluir as camas dentro do dormitório sendo que a adequação das mesmas será definida pelo layout do cômodo. Em espaços extremamente reduzidos é melhor optar por móveis planejados feitos para se encaixar perfeitamente no desenho do dormitório. Dessa forma será possível aproveitar todos os metros disponíveis no ambiente tanto para posicionar as camas quanto para incluir móveis auxiliares. Como opção as camas convencionais podemos encontrar as treliches, as bicamas (ou tricamas) ou uma combinação entre diferentes modelos com a finalidade de tornar o espaço muito mais funcional e desobstruído.

Camas elevadas

das camas é uma alternativa que sempre funciona. Fugindo da configuração convencional das beliches, onde um cama é posicionada exatamente sobre a outra, é possível brincar com o posicionamento das estruturas de maneira que o espaço do dormitório seja melhor aproveitado. Nesse projeto as camas foram posicionadas em um recuo do dormitório e a estrutura adotada para montar as camas se apresenta como uma ótima ideia para os dormitório com o pé direito mais baixo já que as camas inferiores se encontram em uma estrutura sem base (estilo tatame), ou seja diretamente sobre o piso.

Beliche com bicama

Utilizar uma combinação de beliche com bicama é uma ótima opção para quem tem pouco espaço no dormitório. Com essa configuração é possível acomodar as três camas em um mesmo espaço sendo que uma delas ficará escondida na estrutura, de forma discreta como se fosse um gavetão, sendo utilizada somente na hora de dormir. Hoje em dia o mecanismo utilizado para esse tipo de cama permite um manuseio suave, com abertura e fechamento leve tornando a utilização da mesma no dia a dia muito mais prática.

Treliche

As treliches são práticas e se encaixam facilmente nos mais variados tamanhos de cômodos. Podem ser encontrados prontos em lojas mas quando feitos sob media podem anteder as necessidades do espaço e até mesmo assumir configurações diferentes. Para dormitórios infantis criar uma atmosfera lúdica e divertida é importante para que as crianças compartilhem o dormitório de uma maneira confortável e a gosto com o ambiente e com o espaço que lhes cabe.

Camas paralelas

Em dormitórios um pouco mais espaçosos é possível utilizar camas convencionais organizando-as paralelamente na extensão do cômodo. Neste caso o importante é garantir que tenha um espaço de no mínimo 60 centímetros entre uma cama e outra possibilitando assim uma circulação confortável e sem obstruir o acesso a elas. Seguindo essa mesma ideia também é possível dispor as camas da maneira que melhor se encaixe no lay out do dormitório, como por exemplo dispor os móveis contornando as paredes em forma de “U”.

Espaço para armazenagem

Como comentamos, a organização do espaço para armazenagem é algo muito importante em dormitórios compartilhados. Uma boa ideia para suprir o dormitório com espaços suficientes para guardar, roupas, brinquedos e outros pertences é aproveitar todos os cantinhos dos móveis. A estrutura do móvel pode abrigar gaveteiros, gabinetes, nichos, armários e prateleiras configurando uma cama multifuncional e prática, organizando não somente o espaço para dormir mas também todo os pertences do dormitório.