Marido de Ana Hickmann diz ter recebido mais de 2 mil ameaças após agressão

Acusado de agredir Ana Hickmann, Alexandre Correa expôs as ameaças que tem recebido nas redes sociais desde que o caso veio à tona no último sábado (11). O empresário de 51 anos compartilhou no Instagram um print em que um internauta o xinga. “Em 72 horas são 2.854 mensagens de ameaça, ódio e promessa de vingança”, afirmou ele.

Na imagem, um internauta não identificado chama o marido da apresentadora de “pa* no c*” na DM. “Já batemos boca nos comentários de uma foto”, dizia ainda a mensagem.

O empresário desabafou na noite de terça (14) em seu perfil no Instagram. “Finalizando a contagem agora. Em 72 horas são 2.854 mensagens de ameaça, ódio e promessa de vingança! Soaria ameaçador se não fosse tão triste e humilhante”, escreveu na legenda.

“Saber que estou condenado aos 52 anos a esquecer o direito de ter uma vida como qualquer brasileiro comum. Juízes da internet e desembargadores dos sites deram a minha sentença, sem direito a recurso e apelação.

Correa, entretanto, apagou a publicação pouco tempo depois. Na manhã desta quarta (15), ele postou uma oração e pediu forças. “Oxóssi. Caçador de uma flecha só. Filho de Oxalá e Yemanjá! Tira a tristeza do meu peito, dá coragem para eu seguir meu caminho em paz e poder ver meu filho!”, escreveu.

Em declaração ao Fofocalizando, o empresário afirmou estar sendo “dizimado” por ter agredido a mulher. Ele também se pronunciou sobre o fato de a apresentadora ter aparecido sem aliança no Hoje em Dia na segunda (13). “Sobre o divórcio, só a Ana pode responder isso. A Ana é meu grande amor há 25 anos. Ana é meu eterno amor, mas sobre divórcio, só ela”, acrescentou ele.

Correa pontuou ainda que prestará esclarecimento na delegacia quando for intimado: “Irei à polícia quando me convocarem. Vou lá e narrarei os fatos”.

O que aconteceu com Ana e Alexandre?

Ana foi agredida pelo marido no sábado (11) e acionou a polícia. “A apresentadora foi conduzida até o Distrito Policial para esclarecimento dos fatos. Por meio de sua assessoria de imprensa, Ana Hickmann agradece o carinho e a solidariedade dos fãs e informa que está em casa, bem e felizmente não sofreu maiores consequências em sua integridade física”, informou a equipe dela após a repercussão do caso.

Notícias da TV apurou que a briga do casal teve a ver com uma dívida com banco (noticiada no fim de outubro). O caso foi registrado na Delegacia Central da cidade de Itu, no interior de São Paulo.

De acordo com boletim de ocorrência ao qual o G1 teve acesso, a Polícia Militar foi chamada ao condomínio em que o casal vive, em Itu. Ana teria relatado que, por volta de 15h30, teve início uma discussão entre ela e o marido na cozinha da residência. Estavam presentes funcionários e o filho do casal, de dez anos. A briga teria assustado o menino, que saiu do recinto.

Em meio à discussão, de acordo com o que foi registrado no boletim de ocorrência, Correa teria pressionado Ana contra a parede e a agredido. A apresentadora teria conseguido se afastar do marido e ligar para a polícia. Durante a fuga dela, Alexandre Correa ainda teria fechado repentinamente uma porta de correr em cima do braço esquerdo da mulher.

Quando os oficiais chegaram, o homem não estava mais na residência. Segundo a Polícia Militar, Ana foi sozinha ao Hospital São Camilo, em Itu, onde recebeu atendimento médico e passou por exames. Ela teve o diagnóstico de uma contusão no cotovelo e foi liberada.

A apresentadora teve escolta policial até a delegacia e preferiu não solicitar medida protetiva. Ana apagou do Instagram as fotos em que aparecia ao lado do marido.

Alexandre confirma agressão

Correa admitiu que mentiu ao negar as acusações feitas contra ele e revelou que sentiu medo de ir para a prisão. “Quando eu vi aquela nota [publicada pelo jornalista Leo Dias], eu entrei em total desespero e neguei. Mentiu? Menti. Ponto. Ou eu omiti o fato? Omiti. Eu estava numa estrada, desesperado, desnorteado. Estava perdido”, alegou ele ao UOL.

“Falei: ‘Meu Deus do céu. Que coisa?’. Desculpa o vocabulário: que cagad* que aconteceu. Por que eu não discuti, por que eu não me levantei da mesa, por que eu não fui para o canto, não fui tomar uma água? Por que eu não fui bater a cabeça na parede? Sei lá. Mas já foi”, afirmou.

A exposição do escândalo deixou o empresário totalmente em pânico, e ele classificou a discussão como uma “desinteligência entre casais”. “A única coisa que não procede é a situação de cabeçada. Isso não existe. Esse viés, isso não existe”, ponderou.

Após a repercussão da agressão, Correa ainda apagou todas as fotos do seu Instagram e deixou apenas a publicação com seu posicionamento sobre a briga com Ana.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *